4 monumentos imperdíveis no Alentejo

Fazer um tour pela região Alentejo é uma experiência de descobertas. Seja provando um prato típico ou conhecendo um pequeno vilarejo com muita história para contar, a sensação de aprendizado constante é algo que fazem muitos visitantes voltarem para as planícies douradas alentejanas. Porém, alguns pontos históricos são paradas obrigatórias para os exploradores de primeira viagem. Confira alguns a seguir:

Paço Ducal de Vila Viçosa

Um dos prédios mais emblemáticos do Alentejo, esse palácio foi um dos favoritos da família real portuguesa durante séculos. Sua fachada mede impressionantes 110 metros revestidos com mármore extraído da própria região. Hoje, o paço funciona como um museu, e seu acervo inclui o antigo mobiliário da realeza portuguesa.

Aqueduto da Amoreira

Uma ousada construção para suprir a escassez de água devido ao aumento da população nos tempos antigos, se tornou um dos principais cartões postais da cidade de Elvas. A obra demorou um século para ficar pronta e totalizam 843 arcos e algumas galerias subterrâneas que mostram a genialidade da arquitetura medieval.

Cromeleque dos Almendres

Com aproximadamente sete mil anos de idade, este impressionante monumento megalítico está localizado nos arredores de Évora. Com mais de 90 monólitos dispostos em formato circular e em perfeito estado de conservação, guarda parte da história da humanidade no período Neolítico.

Forte da Graça

Elvas é uma cidade marcada por batalhas épicas nos tempos antigos. Por isso foram construídos fortes para proteger a região de invasores. O Forte da Graça é um dos mais emblemáticos em sua posição dominante sobre o monte com sua arquitetura peculiar.