5 museus imperdíveis no Alentejo

O contato com a arte é parte fundamental de uma visita ao Alentejo. Ela está em toda parte – nos monumentos, nas ruas, nas praças… Mas isso não quer dizer que as tradicionais obras produzidas por diversos artistas clássicos e contemporâneos não tenham seu espaço especial em cada cidade da região.

Separamos cinco museus imperdíveis para você descobrir as famosas produções de artistas portugueses:

1 – Museu de Arte Contemporânea de Elvas (MACE)
O MACE apresenta nomes de artistas portugueses consagrados internacionalmente como Jorge Molder, José Pedro Crof e Rui Chafes. O projeto é fruto da parceria entre o arquiteto Pedro Reis e os designers Filipe Alarcão e Henrique Cayate. Possui mostras de pinturas, vídeos, desenhos, fotografias e esculturas.

2 – Museu de Arte Sacra em Campo Maior
museu-arte-sacra
Este museu propõe aos visitantes um percurso pela história da salvação, com base numa vasta coleção das igrejas da região. A mostra constitui uma exposição ímpar da religiosidade dos alentejanos entre os séculos XVI e XX, com esculturas, pinturas, mobiliário e ourivesaria.

3 – Museu do Relógio em Serpa
museu-do-relogio-01O único do gênero em toda a Península Ibérica, o Museu do Relógio fica no centro histórico de Serpa, em um convento do século XVI. A coleção particular de António Tavares d’Almeida conta com mais de 1.900 relógios, incluindo raridades como o usado por Neil Armstrong durante a primeira viagem do homem à lua. O museu também possui uma filial em Évora, cidade considerada patrimônio da humanidade pela UNESCO.

4 – Museu de Sines
museu-de-sines-01A versão original do Museu de Sines foi inaugurada na década de 1960, com uma coleção arqueológica. Hoje, apresenta um catálogo rico que conta toda a história da cidade. Situado no Paço dos Governadores Militares do Castelo de Sines, o espaço apresenta a biografia de Vasco da Gama com as novas tecnologias, mostrando suas viagens pioneiras na exploração de novas culturas pela costa da África e da Ásia.

5 – Museu da Luz
museu-da-luz-01
Com sua arquitetura premiada diversas vezes, o Museu da Luz é um espaço interpretativo das profundas alterações ocorridas neste território após a construção do lago artificial Alqueva. Suas exposições apresentam múltiplas leituras sobre a história, identidade e paisagem da região. Em 2005, o museu recebeu a menção honrosa da APOM (Associação Portuguesa de Museologia), na categoria “Melhor Museu do País”.