Portugal aberto para brasileiros: 9 experiências para viver no Alentejo

Como falamos neste post, Portugal está aberto para brasileiros! Por isso, você já pode começar a planejar sua próxima viagem para esse país tão incrível. Veja abaixo nove experiências únicas para vivenciar no Alentejo agora que você já pode visitá-lo novamente.

1. Provar uma gastronomia surpreendente

Os alentejanos têm pratos bastante diferentes, e você não pode sair de lá sem provar alguns deles. Por exemplo: há as famosas migas, a carne de porco alentejano (que é mais saudável que a carne de porco consumida no Brasil), e os deliciosos doces conventuais. Prove em restaurantes tradicionais ou estabelecimentos que trazem um toque contemporâneo aos pratos típicos.

2. Dormir em um castelo

O Alentejo tem inúmeras construções impressionantes, como antigos castelos, palácios, conventos, igrejas e mosteiros. Alguns desses locais históricos e imponentes foram adaptados e se tornaram hotéis luxuosos, que fazem os hóspedes se sentirem parte da realeza! Vale a pena passar uma noite em um deles, curtindo todos os confortos do século 21 em um lugar com centenas de anos de história.

3. Observar as estrelas

O próprio céu do Alentejo é considerado uma atração turística, visto que na região do lago Alqueva há pouquíssima poluição luminosa. Por isso, o céu noturno fica incrivelmente belo e é possível ver milhares de estrelas, planetas e outros corpos celestes a olho nu. Muitos hotéis locais oferecem equipamentos especializados para deixar a experiência ainda melhor!

4. Hospedar-se em um barco casa no Alqueva

O Alqueva é o maior lago artificial da Europa e está rodeado por belezas naturais. É possível apreciar todo o encanto desta região e ainda aproveitar para nadar ou praticar esportes aquáticos sem precisar se deslocar para o lago. Como? Alugando um barco casa, que podem acomodar de duas a 12 pessoas. As embarcações contam com cozinhas completas, sala de estar e cabines confortáveis. Excelente para um passeio divertido em família ou com amigos.

5. Degustar vinhos e produzir o seu próprio rótulo

Assim como no restante de Portugal, a tradição vinícola é fortíssima no Alentejo. Por isso, uma das melhores coisas a fazer em uma viagem por lá é aproveitar para provar muitos rótulos produzidos localmente – tintos, brancos, rosés, espumantes, não importa! Algumas das inúmeras vinícolas locais ainda permitem a participação nas vindimas, dependendo da época, visitas guiadas, e até mesmo produzir um vinho personalizado, fazendo sua própria combinação de castas.

6. Passeio de bicicleta com refeições de um chef

Foto: Live Love Ride

O Alentejo conta com percursos e trilhas sinalizadas, de diferentes níveis de dificuldades, adequados para um passeio de bicicleta para descobrir os cenários de natureza local e patrimônio histórico de suas vilas e cidades. Há ainda a possibilidade de combinar a aventura com a gastronomia inesquecível da região, e contratar um serviço de um chef para uma refeição durante uma parada para descanso entre uma pedalada e outra.

7. Cavalgar nas praias desertas do Alentejo

A região portuguesa está longe de ser um destino de turismo em massa. Isso quer dizer que há lugares praticamente intocados para desvendar, como algumas de suas praias. E nada como experimentar um passeio a cavalo para ver de perto as belezas desse litoral praticamente selvagem, com a brisa batendo no rosto e o cheiro da maresia. Ao fim do passeio, uma parada para um piquenique baixo o céu tingido com diferentes tons de laranja, graças ao pôr do sol único.    

8. Fazer um workshop de olaria

São Pedro do Corval é reconhecida internacionalmente como a terra da olaria. A cidade tem a tradição da cerâmica desde os tempos pré-históricos, graças à existência de depósitos de argilas muito comuns nessa região, e possui o maior número de artesãos do barro de todo Portugal. Durante uma visita ao destino, participe de uma aula com um mestre e aprenda na prática essa arte.

9. Conhecer um lagar e provar os azeites alentejanos

Não é só o enoturismo que é famoso no Alentejo. Você também pode explorar todo o processo produtivo do azeite. Esta é a maior região oleícola de Portugal e sua paisagem é marcada pelos extensos olivais, que somam mais de 150 mil hectares do território. As herdades contam com visitas guiadas para conferir todas as fases de produção, desde o plantio e a colheita até o lagar. No final, faça uma degustação para aprender as suaves diferenças entre diversos azeites.

Com Portugal aberto para brasileiros, confira o que você precisa para entrar no país.