Parques e reservas naturais do Alentejo

Nós somos famosos por nossa natureza. As paisagens do Alentejo não contam apenas com campos verdejantes e bucólicos e vinhas que sobem e descem colinas, mas também com trechos de rica fauna e flora. Por isso, quando nos visitar, considere conhecer algumas de nossas áreas protegidas.

Confira cinco delas:

Reserva Natural do Estuário do Sado

Primeiramente, vamos falar desta reserva que abrange a área onde o rio Sado deságua no Oceano Atlântico. Ali, há horizontes únicos de arrozais e dunas costeiras e, inesperadamente, é possível ver golfinhos nadando livremente no mar (recomendamos um passeio de barco para isso!). Além disso, é provável que o Cais Palafítico da Carrasqueira garanta um dos mais belos pores do sol da região.

Reserva Natural das Lagoas de Santo André e Sancha

Esta reserva fica ao sul do Estuário do Sado, próximo à cidade de Sines. A Lagoa de Santo André não só é a maior do litoral alentejano, como também é uma ótima opção para a prática de windsurfe.

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

Foto: Rota Vicentina – João Mariano

Ainda na costa, estão mais de cem quilômetros quadrados em um dos trechos de litoral mais preservados de toda Europa. Em outras palavras: é um lugar incrivelmente bonito. A paisagem é marcada por falésias e pelo azul profundo do mar. Além disso, as ondas são ótimas para o surfe.

Parque Natural do Vale do Guadiana

Mas é hora de deixarmos o litoral para trás. Distante do mar, este parque tem uma paisagem inegavelmente distinta dos anteriores. Sua estrela é o rio Guadiana, onde vale a pena fazer um passeio de canoa. Outra atividade popular são as trilhas, principalmente a que chega ao Pulo do Lobo, uma impressionante queda d’água.

Parque Natural da Serra de São Mamede

Foto: Victor Carvalho

Também no interior alentejano, a Serra de São Mamede fica perto da fronteira com a Espanha, no noroeste da região. É alto e verdejante e, por isso, suas trilhas ficam em meio a uma vegetação rica. O Pico de São Mamede é o ponto mais alto da serra e, dessa forma, garante uma vista deslumbrante dos arredores. Por fim, em meio ao parque está Marvão, uma vila medieval protegida por muralhas que é cheia de charme.