Museus para os amantes de história

O Alentejo é repleto de histórias e peculiaridades que se mantêm preservados até os dias atuais. Muitos dos monumentos e resquícios de uma época ancestral estão abrigados em museus ou centros de pesquisas, nos quais os turistas podem descobrir ainda mais curiosidades sobre o passado e os povos que ali já viveram.

Para aqueles que não dispensam conhecer sobre os períodos mais remotos, separamos três opções de museus que não podem faltar em seu roteiro pelo Alentejo.

Museu Regional Rainha D. Leonor, Beja

O imponente edifício de um antigo convento construído no século 15 abriga este fabuloso museu fundado em 1927. Seus dois andares são alimentados por coleções arqueológicas, pinturas, ourivesaria e azulejaria, com destaques para o brasão da fundadora do convento, D. Brites, o conjunto de Cristos e a “janela de Mértola”. Não deixe de visitar também a sala de pintura com quadros da escola primitiva portuguesa, como Ecce Homo. O museu está situado no Largo da Conceição, na charmosa Beja.

Centro de Interpretação Megalithica Ebora, Évora

O Alentejo reúne algumas das riquezas mais importantes da Europa em monumentos megalíticos pré-históricos. Além de muitos sítios arqueológicos, o Centro de Interpretação é um dos lugares que não pode ficar de fora do roteiro pela região. Inserido no Convento de Nossa Senhora dos Remédios, junto à Porta de Alconchel, em Évora, ele apresenta os mais curiosos elementos dos períodos megalítico e romano, que tiveram extrema importância na formação da cidade.

Museu do Vinho, Redondo

Aberto em 2001, o museu é o ponto de partida para explorar a tradicional produção de vinho do Alentejo. O local reúne instrumentos agrícolas, objetos, imagens e textos associados a esta arte, praticada há bastante tempo na região. O local oferece exposições temáticas, além de conferências sobre o tema e um quiosque multimídia que permite obter informações do museu, das adegas da região e de várias atividades vitivinícolas. Sua loja conta com as melhores seleções de vinhos tintos e brancos do Alentejo.