Um passeio por Odemira e Vila Nova de Milfontes

O encanto do Alentejo reside no campo, mas se estende até o mar. Por seus rios e lagos, que cortam planícies verdejantes com muitas vinícolas, chega-se a uma das partes mais cobiçadas do litoral europeu, que se mantém agradável e tranquila durante o verão.

E tem coisa melhor do que combinar esses dois lados da maior região portuguesa em uma só viagem? Comece por Odemira, com casinhas muito brancas orientadas para o rio.

É um lugar histórico que preserva suas tradições. Por isso, há vários artesãos de cestos, móveis, cerâmica e tecelagem.

O verdadeiro encanto, no entanto, está no rio. A partir daqui, ele é navegável até a foz em um percurso de cerca de 30 quilômetros. O cenário desse passeio é absolutamente inesquecível, seja sobre um barco ou uma singela canoa.

No fim do percurso, chega-se à Vila Nova de Milfontes, um povoado simpático com belas praias da Costa Vicentina. Ainda muito natural e com condições excelentes para a prática de esportes aquáticos, essa parte do litoral deixa qualquer visitante de queixo caído. Com o verão se aproximando e as temperaturas ficando mais altas, é difícil resistir a esse pequeno paraíso.

A vila ainda conta com um adorável centro histórico, com castelo, igreja e um lindo farol. Suas casinhas brancas e seus moradores fazem dela um lugar ainda mais especial – e definitivamente inesquecível.