Harmonizações de sucesso: combine pratos e vinhos do Alentejo

 

Que o Alentejo produz vinhos incríveis, você já sabe. Também já falamos muito da gastronomia regional, que é deliciosa e bem diferente da culinária brasileira. Para aproveitar ao máximo os dois, nada melhor que harmonizar os pratos e os vinhos locais, garantindo uma experiência enogastronômica completa.

A maioria dos restaurantes alentejanos saberá te informar quais vinhos combinam com o prato que você for pedir. Mas nós separamos algumas dicas para você já viajar preparado!

Carnes de caça

O Alentejo é famoso por seus pratos com carnes de caça, como veado ou perdiz. Uma vez que possuem sabor intenso, pedem vinhos fortes que estejam à altura. Por isso, peça um tinto elegante como o Herdade dos Grous 23 Barricas de 2017 ou um tinto encorpado como o Esporão Private Selection de 2013.

Queijos

Os queijos alentejanos também fazem parte de qualquer viagem pela região. Como são queijos mais fortes, em geral produzidos com leite de cabra ou ovelha, caem bem com vinhos que possam equiparar-se com o sabor intenso. Uma boa pedida é o tinto encorpado da Cartuxa, E.A. Reserva 2016, ou o tinto complexo Estremus de 2012, da J. P. Ramos.

Peixes

Os peixes também são populares no Alentejo, principalmente no litoral. Por ser uma carne leve e de digestão simples, combina bem com vinhos também leves. É o caso do Defesa do Esporão, de 2017, um delicioso rosé, e do Marquês de Borba de 2017, um branco leve e fresco.

Carne vermelha

A cor da carne diz tudo: vermelha, assim como o vinho que se deve tomar com ela. Além disso, os pratos com carnes mais gordurosas são o par perfeito de vinhos mais ácidos, que cortam a gordura. Com o famoso porco preto alentejano, nada melhor que um tinto encorpado como o Monsaraz de 2017 ou o tinto complexo Herdade dos Grous Moon Harvested, de 2016.