O azeite e o olivoturismo

azeite-01
O azeite português está entre os melhores que existem e isso é sabido. Mas o alentejano, esse sim, incorpora todas as qualidades que se espera em um bom azeite: é frutado e suave, complexo e harmonioso. Para cozinhar ou temperar, é a estrela de uma gastronomia rica e deliciosa.

azeite-03
O Alentejo é a maior região oleícola de Portugal. Sua paisagem é marcada pelos extensos olivais, que somam mais de 150 mil hectares do território. E são dessas oliveiras que se extraem as melhores azeitonas para produzir um azeite único no mundo, pouco ou nada amargos ou picante, com notas de maçã, frutos secos, tomate e ervas.

azeite-02
A apanha da azeitona começa no outono, reunindo centenas de trabalhadores com um único objetivo: um azeite de qualidade. Entre outubro e janeiro, sempre preservando a natureza e cuidando do patrimônio do Alentejo, essa atividade que faz parte da cultura do Alentejo divide os holofotes com a produção do vinho.

Nessa região, não é só o enoturismo que é famoso. Você também pode explorar todo o processo produtivo do azeite. As herdades ficam mais que felizes em levar visitantes com um guia por todas as fases de produção, desde o plantio e a colheita até o lagar. No final, que tal uma degustação para aprender as suaves diferenças entre diversos azeites?