Mértola e o Parque Natural do Vale do Guadiana

mertola-g
 
Mértola é uma cidade charmosa no sudeste alentejano. Já foi cidade romana, capital de um reino árabe e a primeira sede da Ordem de Santiago, o que explica sua importância histórica e as diferentes influências em sua arquitetura.

O castelo, no topo da colina, debruça-se sobre as graciosas casinhas brancas e um dia protegeu toda a região. A riqueza ambiental e cultural de Mértola é inegável, com os vestígios arqueológicos romanos na Câmara Municipal e o incrível Museu Islâmico, que possui a mais importante coleção de arte islâmica de Portugal.

Tão impressionante quanto a cidade em si são os seus arredores. Mértola está bem em meio ao Parque Natural do Vale do Rio Guardiana, uma área protegida muito rica e com espécies de vegetação únicas, como o trevo de quatro folhas peludo, que, segundo as lendas, dá sorte a quem o encontra.

É lá que fica a famosa queda d’água do Pulo do Lobo, o principal acidente do curso do rio, que ganhou esse nome porque os rochedos das duas margens estão tão próximos que parece que é possível atravessá-lo de um salto.

O Parque possui inúmeras trilhas incríveis para se percorrer a pé, e também é possível praticar canoagem no rio, opção incrível no verão, quando os dias são bastante calorosos.