O que provar nos restaurantes alentejanos?

A gastronomia do Alentejo é única. O famoso bacalhau, em que as pessoas imediatamente pensam quando se fala de gastronomia portuguesa, perde espaço para outras carnes mais tradicionais da região, em pratos diferentes e deliciosos.

Pratos do restaurante Cais da Estação, em Sines

Como a região é grande, ocupando quase um terço do território português, em cada cidade ou vila que se visita há variação nos ingredientes escolhidos, modos de preparo e pratos servidos. Por isso, é possível experimentar iguarias novas a cada destino que se vai.

No litoral, as grandes estrelas da culinária são os peixes e frutos do mar frescos. Locais como Comporta e Sines têm como destaque pratos com polvo, mexilhões peixes, como o saboroso arroz de polvo, que também pode levar camarões, e a sopa de cação, perfeita para esquentar um dia frio.

Lombo de porco com amêijoas

Indo para o interior, os ingredientes do mar se unem a outros tipos de carne. Por isso, quem visita cidades como Alcácer do Sal, Santiago do Cacém e Grândola deve apostar no famoso lombo de porco com amêijoas, um tipo de molusco, prato temperado com alho, louro e pimentão, cujo preparo também pode levar vinho branco.

As tradicionais bochechas de porco

Seguindo viagem para a parte central, são outras carnes que ocupam o lugar central na mesa. O famoso porco preto do Alentejo, carneiros e animais de caça, como lebre e veado, são algumas das utilizadas na confecção dos pratos. Cidades como Ponte de Sor, Estremoz e Arraiolos são bons lugares para provar um bom arroz de lebre e as deliciosas bochechas de porco.

Por fim, chegamos ao leste, nas cidades próximas à Espanha. Ali, a influência do país vizinho aparece: o gaspacho, uma sopa fria de tomate típica da Espanha, ganhou um preparo diferente no Alentejo: nele, os ingredientes não são triturados como no país vizinho. Além do tomate, leva pepino, pimentão e pão.

É claro que alguns pratos são populares em qualquer parte da região. É o caso do ensopado de borrego, como os portugueses chamam os carneiros jovens. A carne é o ingrediente principal deste prato que também tem batatas e pão. Outra iguaria encontrada em qualquer destino alentejano são as migas, feitas com pão refogado. Cada cidade dá o seu toque especial: em Beja, o prato costuma ter carne; em Évora, aspargos e lombo de porco; e, em Portalegre, diversos cortes de carne de porco.

Sobremesas do restaurante Fialho, em Évora

Há também as deliciosas sobremesas, como a boleima de maçã, um bolo típico da Páscoa que leva canela, maçã e nozes, comum em Castelo de Vide; a sericaia com ameixas, que esbanja ovos e canela, tradicional de Elvas; e o doce dourado de Borba, feito à base de amêndoas, pão, gemas de ovos e açúcar.

Sericaia com ameixas

Não importa o destino por onde o viajante irá passar: com certeza, haverá delícias para provar!