De bike pelo Alentejo

Se você é daqueles que aprecia o contato com a natureza e o povo local durante uma viagem, não deixe de explorar o Alentejo de bicicleta. A região é repleta de planícies e cenários da natureza que irão instigar você a visitar as vilas alentejanas mais remotas. Também é uma ótima alternativa para conhecer novos restaurantes, hotéis e praias.

São inúmeros roteiros possíveis, percorrendo curtas ou longas distâncias, com muita ou pouca variação de altitude e duração maior ou menor. Para quem não abre mão do conforto, existem empresas especializadas que auxiliam os ciclistas, oferecendo guia, transporte de bagagem e até refeições.

Roteiro pelo litoral

Sines

A sugestão é realizar o trajeto entre Santiago do Cacém e Odemira, parando em Sines e Vila Nova de Milfontes. As cidades são litorâneas, perfeitas para curtir a brisa marítima durante o passeio. No total, são 76 quilômetros de percurso para você explorar o melhor das praias alentejanas. O ponto de partida, Santiago do Cacém, é encantador, situado em uma colina e lar de uma bela igreja matriz e um grandioso castelo medieval, de onde se tem uma vista estupenda para os arredores.

Seguindo por 17 quilômetros de descida, você chegará a Sines, uma antiga vila de pescadores cercada por 30 quilômetros de praias para todos os gostos: há a urbana Vasco da Gama, a isolada praia de Morgavel ou a praia de São Torpes, que possui água morna. Já em Porto Covo, você encontra diversas praias menores, cercadas por rochas que deixam a paisagem ainda mais incrível.

Praia de Franquia – Vila Nova de Milfontes

Saindo de Sines, são 33 quilômetros até Vila Nova de Milfontes, que também fica no litoral. Boa parte do percurso fica em estradas às margens do oceano. Não deixe de visitar o centro histórico desse vilarejo que esbanja charme.

Seguindo por mais 26 quilômetros, você chegará em Odemira. Com casinhas muito brancas orientadas para o rio, possui diversos artesãos de cestos, móveis, cerâmica e tecelagem. O rio marca a paisagem da cidade e pede um passeio de canoa ou barco, uma ótima maneira de encerrar a viagem.

Roteiro pelo interior

Évora

Outra alternativa de roteiro é partir de Elvas até Évora, principal cidade da região. Desta vez, o trajeto passa por importantes cidades alentejanas que esbanjam, principalmente, um importante patrimônio histórico. Comece por Elvas, uma das mais impressionantes cidades fortificadas do mundo. De lá, seguimos para Vila Viçosa, em um percurso de 34 quilômetros. A cidade é uma das principais produtoras de mármore de Portugal e abriga o Paço Ducal de Vila Viçosa, que já foi uma das residências da família real.

Partindo para Estremoz, conheça o centro histórico com charmosas ruas de pedra, casinhas brancas e seu castelo no topo, com uma espetacular torre de mármore branco com 27 metros de altura, conhecida como Torre das Três Coroas.

Evoramonte

Mais 17 quilômetros levam até Evoramonte, uma pequena vila dividida entre zona baixa e vila medieval, que fica no alto de uma colina, rodeada por muralhas e, para completar, conta com um belo castelo.

Finalizando o passeio, basta pedalar mais 29 quilômetros para chegar a Évora, uma das cidades mais visitadas do Alentejo. Sua fama se deve a diversos fatores, entre eles alguns dos melhores restaurantes da região, boas lojas para compras e atrações imperdíveis, tais como o Templo Romano de Évora, a Sé de Évora e a Capela dos Ossos.