As tradições da Páscoa no Alentejo

A Páscoa é uma das épocas mais queridas pelos alentejanos. Como a maior parte da população portuguesa é cristã, a região mais autêntica do país mantém suas tradições centenárias para celebrar a ressurreição de Cristo, com programação especial para o feriado em diferentes cidades, como missas e comemorações. O destino também se torna um atrativo para turistas e visitantes, que aproveitam o feriado prolongado para curtir as festas no Alentejo.

As charmosas vilas de Marvão e Castelo de Vide realizam comemorações por todo o período da quaresma até a Páscoa, incluindo procissões, vigílias e concertos musicais. O destaque vai para o Compasso Pascal, em Castelo de Vide, o qual a figuração do corpo de Cristo percorre as casas dos cristãos para celebrar a ressurreição. É o momento ideal para revigorar a fé e conhecer um pouco mais sobre a importância da religião para o povoado local. Já em Borba, as festas de São Gregório e Santa Bárbara dominam a segunda-feira de Páscoa com um misto de ritos pagãos com a cristianização dos festejos. Em plena Serra d’Ossa, moradores e turistas curtem muita música e animação antes de acompanhar a procissão.

Durante as festividades, também é comum realizar um tradicional piquenique no campo. Admirando as planícies e saboreando o melhor da culinária tradicional, as famílias se reúnem normalmente na segunda-feira logo após os eventos religiosos e saboreiam carne de cordeiro e ensopados, além do delicioso folar, bolo típico de Páscoa. Obviamente, os tradicionais ovos de chocolate não ficam de fora, fazendo a alegria dos pequenos.