Três vinhos que você só encontra no Alentejo

vinho-capa-2017
Premiado por suas vinícolas, o Alentejo proporciona as melhores experiências aos apaixonados por vinhos, como já mostramos em nosso post dos vinhos alentejanos que você precisa provar. Agora, você irá conhecer versões únicas produzidas somente na maior região de Portugal.

Uma delas é o Invisível Aragonez Branco da Ervideira. É um vinho branco feito com uvas tintas! A colheita é feita durante a noite e, ao atingir o ponto de maturação, a iguaria torna-se quase transparente com nuances rosadas. Seu aroma floral com toques de frutas brancas só deixa a experiência ainda mais saborosa.

O Conde D’Ervideira Vinho da Água também possui um intrigante processo de produção, inspirado na recuperação de garrafas dos antigos navios naufragados. Após permanecer oito meses em barris, a bebida é submetida ao novo estágio de maturação, em que as garrafas ficam submersas no Alqueva, resgatando o processo chamado de “vinho da água”.

monte-da-fonteO Alentejo também foi o local onde Garry Mercer conseguiu produzir o primeiro “vinho de morango” do mundo, mesmo que bebida ainda não seja oficializada como um tipo de vinho. Apesar disso, o processo de produção é semelhante ao do vinho comum e os produtores tentam aproximar-se ao máximo dos métodos tradicionais, utilizando equipamentos quase rústicos. Os morangos são cultivados e fermentados no Brejão, perto da Zambujeira do Mar, pela empresa Sudoberry.