Os doces alentejanos

doce-alentejo-capa
Sericaia

Por aqui você já pôde conhecer alguns dos pratos típicos do Alentejo que deixam os visitantes com água na boca. E para você ficar com ainda mais vontade, apresentamos as sobremesas e doces favoritos das refeições na maior região de Portugal, com sabores especiais que fazem qualquer um se apaixonar por essa gastronomia histórica.

Parte dos bolos e doces do Alentejo são de origem conventual, tendo sido produzidos em conventos em meados do século XV. Os ingredientes que fazem estas delícias são simples de encontrar: açúcar, ovos (muitos ovos!), pão, leite, queijo, requeijão, canela, amêndoa e gila. Qualquer pessoa pode tentar fazer em casa. Porém, fazê-los com excelência não será uma tarefa muito fácil, porque os segredos têm sido guardados e passados, minuciosamente, de geração em geração.

Em Castelo de Vide, em Portalegre, o visitante pode experimentar a tradicional Boleima de Maçã. Bolo típico da Páscoa portuguesa e muito popular no Alentejo, a iguaria possui canela, doce de maçã e nozes. Já em Elvas, a saborosa Sericaia com ameixas encanta os turistas com sua textura fofa e o toque de canela. O Doce Dourado, feito à base de amêndoa, pão, gemas e açúcar, é outro quitute que não pode faltar na casa de muitas famílias alentejanas, em especial na cidade de Borba.