A arte de fazer chocalhos

chocalho02-capa
O Alentejo é uma terra de campos e, por isso, a pecuária sempre foi forte por aqui. Tradicionalmente, os animais – porcos, vacas, galinhas, cabras, ovelhas, perus – usam um sino no pescoço chamado de chocalho.

Passeando pelo Alentejo é possível encontrar exemplares com quase 2.000 anos! A produção do chocalho é uma verdadeira arte. Tanto que é até mesmo considerada Patrimônio Cultural Imaterial pela UNESCO. Na vila da Alcáçovas, a fábrica Pardalinho faz os chocalhos como deve ser: artesanalmente.

chocalho03A melhor parte é que ela está aberta a visitação. É possível aprender e ver de perto todo o processo, desde o corte e molde do latão até sua afinação, passando ainda pela fornalha. Os guias ficam felizes em explicar cada passo e contar a verdadeira mágica: que não é qualquer um que pode fazer o que eles fazem.

Diz-se que os mestres chocalheiros precisam ter um dom, já que não é possível ensinar como deixar o chocalho com o som perfeito. Só quem já nasce com esse talento é capaz de unir as antigas artes do fogo com a arte musical neste belo item tradicional da região alentejana, que é um verdadeiro fragmento de história.